Caminhos dos Peregrinos

Mostrar / Esconder thumbs

Experiências espirituais em lugares sagrados.

" O visitante passa através do lugar e o lugar passa através do peregrino " Cynthia Ozick

5° LUGAR: VARANASI – ÍNDIA

Varanasi é uma cidade que guarda dois mil anos de histórias e tradição, sendo principal centro de peregrinação da Índia, tanto de budistas e hindus, como de peregrinos do mundo inteiro.

Para os hindus, Varanasi, que fica entre dois rios, foi fundada pelo deus da transformação Shiva e para os budistas, a cidade sagrada foi onde Buda realizou seu primeiro discurso depois de atingir a iluminação.

Na Índia os rios são considerados sagrados pois purificam a alma e o corpo, limpando todos os pecados. As principais atrações, portanto, são os ghats, escadarias de pedra construídas na margem dos rios onde os indianos fazem de tudo, literalmente! 

Seria muito mágico apreciar somente as cerimônias de adoração ao fogo, as oferendas de flores, a espiritualidade e devoção desse povo. Mas entre fumaças de incenso, o badalar dos sinos e as cantorias, muitas coisas acontecem nos ghats. As vacas se refrescam, as pessoas tomam banhos, escovam os dentes, lavam pratos e roupas, nadam... Não é difícil ver um corpo boiando pelo rio também.

As cerimônias de cremação acontecem ali em rituais que duram cerca de três horas, tempo suficiente- eles acreditam- para o fogo purificar o corpo.

Essas três horas não são suficientes para o corpo virar cinzas, mas mesmo assim, depois do ritual, eles colocam os cadáveres no rio, pois esse local é uma porta entre os dois mundos.

Em um teste de qualidade da água foram detectados mais de um milhão de coliformes fecais. É entre esses coliformes que as pessoas acreditam que estão se purificando. Cultura é cultura, mas graças a Deus e a Shiva que existem passeios de barcos pelos rios. Purifique-se dali mesmo!

4° LUGAR: LALIBELA - ETIÓPIA

A Etiópia foi o segundo país a adotar o cristianismo, tendo forte ligação com a religião até os dias de hoje. Visitar Lalibela é se transportar para séculos atrás, numa viagem bíblica.

Há muitos séculos, os cristãos peregrinavam rumo a Jerusalém até ser dominada pelos árabes. Proibidos de continuar com essa tradição, uma Jerusalém africana fora construída em Lalibela, se tornando um dos principais sítios religiosos africanos e talvez até do mundo cristão.

A cidade possui onze igrejas construídas nas rochas com tetos no nível do solo. Reza a lenda que durante o dia cerca de 40 mil operários trabalhavam nas construções e durante a noite eram substituídos por seres divinos.

Da profundidade do interior das rochas, sai um agradável aroma de incenso e é possível ouvir cânticos vindos das grutas. Padres circulam pelos túneis mal iluminados e eremitas estudam silenciosamente suas escrituras.

Peregrinos do mundo inteiro vêm a esse local orar por saúde, prosperidade e sorte.

3° LUGAR: JERUSALÉM - ISRAEL

Milhares de peregrinos andam por ruas de importância histórica com suas bíblias em mãos. Cidade santa de judeus, cristãos e muçulmanos é berço de um conflito entre israelenses e palestinos.

Situada entre dois desertos e próxima ao Mar Morto, é um lugar com ares religiosos e possui inúmeras grutas e rochas consideradas sagradas. A Mesquita de Omar e o Muro das Lamentações são os principais destinos dos peregrinos que vão pra lá. Na Mesquita, acredita-se que esteja enterrada uma rocha considerada sagrada. É lá também que fica o altar de sacrifícios, holocausto dos rituais judaicos. Reza a lenda que foi ali que Abraão sacrificou o próprio filho Isaac em oferenda a Deus.

O Muro das Lamentações foi o que sobrou do Templo de Jerusalém. Construído pelo rei Salomão abrigou a Arca da Aliança e os Dez Mandamentos. O Templo fora destruído restando apenas o Muro, onde milhares de peregrinos escrevem suas preces em papéis e as colocam nas fendas de pedra.

Caso você não possa ir até o Muro das Lamentações e fazer seu pedido, não se lamente! Um site foi criado para que você possa mandar suas orações via internet pela bagatela de 80 dólares. Sua prece será recitada no muro por 40 dias. A criadora do site afirma que algumas preces já foram atendidas, então não custa tentar. Segue o site:www.westernwallprayers.org

 2° LUGAR: MECA - ARÁBIA SAUDITA

Todo muçulmano deve fazer uma peregrinação à cidade sagrada de Meca. Junto ao mar vermelho, é local de nascimento e morte de Maomé.

Anualmente entre o oitavo e décimo dia do décimo segundo mês do calendário islâmico, mais de dois milhões de peregrinos muçulmanos rumam à cidade de Meca. Vestidos com trajes brancos, são proibidos de cortar o cabelo, as unhas, de usar perfume, casar ou manter relações sexuais durante esse período.

O destino é a grande Mesquita de Meca, local para onde os muçulmanos direcionam suas orações cinco vezes por dia.  No primeiro dia do Hajj, ao chegar no local, os peregrinos dão sete voltas no sentido anti horário na kaaba, “cubo” envolto por um manto negro e dourado que guarda uma pedra escura, uma das relíquias sagradas do Islã. Após rodar e rezar sete vezes, eles andam por um corredor, onde fazem o mesmo percurso por outras sete vezes. Mais orações. Com a chegada do pôr do sol, eles rumam a um local perto de Meca, onde acampam e passam a noite, acredite, orando!

O segundo dia do Hajj é dedicado a leitura do Alcorão e pedidos de perdão ao Deus. Durante a noite, vão para o acampamento e dessa vez, além de rezar mais um pouco, procuram por pedrinhas que serão jogadas simbolizando o apedrejamento do diabo em um ato de renunciar o mal e exaltar um Deus único. Depois, cada peregrino deve sacrificar um animal, geralmente bode ou carneiro. Pensem, são mais de dois milhões de animais mortos.

Após o ritual de despedida de Meca, muitos ainda rumam ao túmulo do profeta Maomé, localizado na cidade de Medina.

1° LUGAR: CAMINHO DE SANTIAGO - ESPANHA

Após a morte de Jesus Cristo, Santiago saiu perambulando pelo mundo pregando o cristianismo. Foi decapitado na Palestina e teve seus restos mortais resgatados por dois discípulos, que o enterraram num bosque dentro de uma tumba de mármore.

Oitocentos anos depois, estranhando a chuva de estrelas que caia sobre o bosque sempre no mesmo local, um pastor realizou escavações encontrando a tumba de Santiago. A notícia se espalhou e milhares de pessoas começaram a ir para o local.

Foi assim que começou o Caminho de Santiago, rota de peregrinos mais conhecida no mundo.

Não há um ponto certo de partida, mas o mais procurado, é o caminho que começa em Rocenvalles, fronteira com os Pirineus franceses, atravessando todo o norte da Espanha até a cidade Santiago de Compostela.

Muitas pessoas fazem o trajeto de bicicleta ou a cavalo, mas é a pé, com cajados nas mãos que a maioria cruza os 800 quilômetros nas mais belas paisagens espanholas, passando por pueblos de construções românicas, góticas, barrocas.

O ponto final dos peregrinos é a Catedral de Compostela, onde todo dia, ao meio dia é rezada uma missa aos peregrinos. Muitos queimam suas roupas numa espécie de ritual, num ato simbólico de deixar pra traz um "eu" que não existe mais. O Caminho de Santiago é considerado místico, além de religioso, tendo o poder de mudar as pessoas.

 

EU ADORO! E VOCÊ? Agora é só curtir a página do Lugares no Mundo no Facebook aqui!

Créditos das fotos: (1)(2)(3)(4)(5)(6) Google


Créditos: Caminhos dos peregrinos.

Última atualização em 13/10/2012 as 20h44

Lugares no

esportes, praia, noite

Avaliações

Dê a sua opinião.

0 votos

Galerias.

Confira esta seleção de matérias e destinos com imagens incríveis.

Ver todos