Hotel Cápsula, Japão

Mostrar / Esconder thumbs

Uma experiência prática e econômica

Uma colméia urbana. Ou um gaveteiro humano. Por aqui circulam os mais variados tipos de nômades e viajantes. Executivos, mochileiros, notívagos, morados, bêbados e curiosos. Se você estiver em uma aventura pelo extremo Oriente, não deixe de conhecer um dos diversos Hotéis Cápsula espalhados pelo país.

Uma das mais famosas e úteis invenções dos japoneses foi sem dúvida o Hotel Cápsula, em meados dos anos 70. A princípio, criados para acomodar trabalhadores que precisavam de um lugar barato e prático para passar a noite, já que moravam muito longe de seu trabalho. Eles são bem mais baratos do que qualquer opção de hospedagem por lá e proporcionam o conforto necessário para uma noite de sono.

Por seu custo-benefício os hotéis começaram a ser muito procurados por viajantes em busca de experiências únicas, por executivos em suas viagens rápidas de negócio, ou mesmo para uma noite de sono fora de casa. Porém nos últimos anos, diante das crises financeiras enfrentadas pelo Japão, as pessoas têm considerado o hotel cápsula como uma opção de moradia. Muitas passam meses alugando seus dormitórios.

Suas acomodações são em forma de “cápsulas”, compartimentos enfileirados horizontalmente e verticalmente, todos com a ventilação.  Possuem colchão de solteiro, lençóis, rádio, e em alguns casos uma pequena TV a cabo. Fora dos quartos existe uma área com banheiros e refeitório, sala de TV e às vezes bar videokê. Não se preocupe com o excesso de sua bagagem. Cada cápsula possui um acesso ao guarda volumes, no qual poderá deixar seus pertences. A maioria aceita apenas homens, mas há aqueles que permitem mulheres. O Capsule Hotel Asakusa Riverside por exemplo, além de aceitar mulheres, possui um andar somente para elas.

O conceito de hotel cápsula fez tanto sucesso que com o tempo se espalhou pelo mundo. Hoje conseguimos encontrar dormitórios semelhantes em aeroportos como o Schipol em Amsterdã  ou os Heathrow e Gatwick em Londres.

Quando estiver no Japão faça sua pesquisa. Os valores desses dormitórios variam US$ 30 à US$ 80 por noite. O Nina Hours por exemplo, que se localiza no coração comercial de Kyoto, custa exatos 4900 Ienes a diária (R$ 120,00 aproximadamente). O site do hotel segue todo o conceito do design local e nele mesmo você pode reservar um dos 125 cubículos. Chegue via trem-bala, de Tóquio. A experiência estará completa. 

Gostou? Deixe seu comentário!

Crédito das fotos: Divulugação.


Créditos: Hotéis Cápsula, Japão

Última atualização em 13/10/2012 as 20h44

Lugares no

esportes, praia, noite

Avaliações

Dê a sua opinião.

0 votos

Galerias.

Confira esta seleção de matérias e destinos com imagens incríveis.

Ver todos